A agricultura 4.0 já é presente em milhares de estabelecimentos e empresas entre os diversos setores do negócio agropecuário no Brasil. Com ela, é possível conectar a tecnologia e inovação ao trabalho e diversidade no campo, trazendo assim, mais conforto, eficiência e produtividade ao produtor rural e às empresas do agronegócio brasileiro. Veja abaixo o artigo produzido pelo Trainee Acácio Luís Sanches Medeiros, com o auxílio dos Trainees Carolyne de Paula Almeida Moraes e Saulo Joel Oliveira Leite.

Hoje, já é possível encontrar aplicativos para monitorar o rebanho, condições climáticas e ficar por dentro das notícias mais recentes de todas as culturas produzidas no planeta. As indústrias de defensivos e fertilizantes são uns dos setores que vêm evoluindo para se beneficiar das tecnologias trazidas por esse processo e atualmente, insumos agrícolas já representam 4,9% do PIB agropecuário e um crescimento de 9,91% no primeiro trimestre de 2021.

O momento de prospecção é um dos pontos chave para captar os produtores rurais que mais se adequam ao perfil de cliente ideal e os que podem gerar um maior retorno na venda do defensivo agrícola e/ou outros insumos agrícolas. Por mais que a empresa saiba do valor desse processo bem-feito, é muito difícil e exaustivo coletar dados relevantes sobre a região de interesse que não façam esta análise se tornar subjetiva e sem fundamento.

Com a maturidade da empresa de agroquímicos evoluindo, novos desafios surgem, a gama de clientes aumenta e suas exigências também. Por isso, é de extrema importância que o processo de marketing seja feito de maneira minuciosa e que interprete literalmente o conceito de ‘data driven’ ou ‘dirigido por dados’.

Para fazer as prospecções atualmente, as companhias ficam muito dependentes de análises históricas de culturas produzidas, assim como do trabalho dos RTV’s que normalmente é feito de forma manual em papéis e planilhas. Estes processos causam uma grande dificuldade em analisar todos estes dados coletados (que podem não ser confiáveis) de maneira ampla, objetiva e, principalmente, sem possuir uma visualização intuitiva em mapas.

Dessa forma, utilizar ferramentas que permitam uma análise de potencial de mercado baseada em dados, é um caminho sem volta para empresas que querem garantir a competitividade no setor e a expansão territorial. Dentre seus benefícios estão:

  • Gestão real e panorâmica das informações relacionadas ao negócio e concorrentes;

  • Aumento da rentabilidade dos contratos;

  • Aumento da acurácia na análise da produtividade x custo dos contratos de venda e/ou prestação de serviços;

  • Assertividade na necessidade de seus potenciais clientes;

  • Confiabilidade dos dados utilizados e apresentados.

Se você gostou do artigo acima, vai se identificar com #EUESRI2021.
Clique na imagem abaixo e faça sua inscrição agora mesmo!

Você também pode gostar:

EU Esri 2021: GIS & Location Intelligence criando um futuro sustentável

eBook GRÁTIS sobre ArcGIS para inscritos no EU Esri 2021

Seu trabalho apresentado no EU Esri 2021 ​

Sorteio Exclusivo para Inscritos no EU Esri 2021


Você gostou desse artigo?

O Portal GEO está sempre trabalhando para trazer novidades, tendências e o que há de melhor em dicas do universo GIS. Clique abaixo e faça sua inscrição gratuita para receber com comodidade todos os nossos artigos, que tenho certeza, vão te apoiar em seu cotidiano profissional e pessoal, te deixando sempre bem informado: