Cadastro de Rede de Distribuição de Gás através do ArcGIS Enterprise e da Utility Network

Descubra como a Bahiagás transformou sua gestão de rede de distribuição de gás com o ArcGIS Enterprise e o Utility Network.

Amanda Buson

Analista de Projetos de Utilites

Recentemente foi implementado o Utility Network (modelo de dados voltado para redes de utilites da Esri) na Bahiagás. Essa implementação representou um marco significativo na melhoria operacional e na eficiência da empresa. O foco primordial foi oferecer à Bahiagás uma configuração de dados na rede de distribuição, inicialmente em quatro áreas operacionais-chave: Mucuri, Eunápolis, Itabuna e Ilhéus. Esta ação possibilitou um cadastro de ativos baseado em regras específicas, viabilizando análises de rede voltadas à identificação de consumidores mediante abertura ou fechamento de válvulas. A ferramenta possibilita o “trace” para verificar a rede conectada a estas válvulas e assim identificar as áreas e clientes afetados.

A Bahiagás é uma renomada distribuidora de gás natural que opera em diversas cidades da Bahia, fornecendo esse recurso fundamental para residências, indústrias e comércios. Reconhecida por sua extensa rede de distribuição, a empresa tem se destacado por oferecer serviços de alta qualidade e contribuir significativamente para o desenvolvimento econômico e energético da região. Com um compromisso sólido com a segurança e a sustentabilidade, a Bahiagás desempenha um papel fundamental no fornecimento confiável e eficiente de gás natural em toda a sua área de atuação.

rede de tubulação da bahiagás no arcgis
Detalhe da tubulação e locais de traçado da Bahiagás.

Fundamentada no ambiente tecnológico On-Premise (ou seja, estruturados dentro do espaço físico de uma empresa), a solução buscou integrar todos os usuários, clientes e servidores na mesma rede, garantindo uma gestão unificada e segura dos dados. O ArcGIS Enterprise, já consolidado na estrutura da Bahiagás, atuou como o epicentro desta transformação, proporcionando um Portal web seguro para organização, compartilhamento e análise de dados geográficos, além de fomentar um ambiente colaborativo para criação de mapas, aplicativos e análises avançadas. O trabalho em conjunto das Equipes da Imagem e Bahiagás, tornou o sucesso do projeto ainda maior.

O Utility Network, componente essencial do ArcGIS voltado a gestão de redes, desempenha um papel fundamental na otimização da gestão dos ativos, possibilita a configuração de controladores, terminais, regras de conectividade e atributos. Essa funcionalidade facilita significativamente a representação e análise detalhada da rede, garantindo maior eficiência operacional.

O projeto foi segmentado em cinco módulos distintos, cada um com suas atividades específicas:

Modulo 1: Modelo de Dados

Nesta etapa, foram realizadas análises dos dados existentes da Bahiagás, para apontamento de possíveis inconsistências como problemas de conexão e falta de informações cruciais para que o modelo possa ser utilizado da melhor forma. Após essa análise, foi feito um levantamento minucioso dos atributos e domínios associados, além da verificação da topologia para garantir relações espaciais corretas.

Um relatório foi gerado para resumir os resultados da análise e diagnóstico dos dados, destacando problemas encontrados e recomendações para corrigi-los. Ajustes necessários foram efetuados nos dados para garantir sua integridade, bem como nos pontos de conectividade entre eles.

Houve também ajustes nos atributos obrigatórios do modelo de dados, como Grupo, Tipo e Terminal, para atender aos requisitos do Utility Network. A Bahiagás ofereceu suporte e orientação durante o processo de implementação e configuração do Utility Network. Criou-se uma relação de mapeamento entre os dados de origem e destino, atualizando e construindo o modelo do Utility Network de acordo com essa relação.

Os dados de origem foram associados aos dados de destino conforme estabelecido na relação De/Para, utilizando uma ferramenta específica para o mapeamento dos dados para o formato necessário para a implantação do Utility Network.

Módulo 2: Estruturação e Carga

Os dados foram estruturados de acordo com o modelo do Utility Network, carregados no sistema e traduzidos para o formato apropriado. Definiu-se o sistema de coordenadas para garantir a correta localização geográfica dos dados.

Módulo 3: Configuração da UN

Ferramentas específicas do Utility Network foram empregadas para carregar os dados mapeados no formato adequado. Nesta etapa, foram criados e configurados controladores, terminais, regras de conectividade e atributos, permitindo a correta representação da rede.

Módulo 4: Configuração do Projeto de Mapa e Publicação do Serviço Web

Foi gerado um relatório para documentar todas as atividades durante o processo de implementação e configuração do Utility Network, incluindo logs da carga dos dados. Configurou-se o projeto de mapa no ArcGIS Pro, definindo camadas, símbolos, estilos e layouts, e publicou-se o serviço web do Utility Network para disponibilizar seus recursos por meio da web.

Módulo 5: Implantação e Homologação

O Utility Network foi implantado no ambiente Enterprise da Bahiagás, envolvendo configuração dos servidores, integração com outros sistemas e preparação do ambiente de produção para o uso efetivo. Após a implantação, ocorreu a verificação e validação de todo o sistema do Utility Network, garantindo sua funcionalidade, integridade dos dados e conformidade com os requisitos estabelecidos, para sua utilização em produção.

Essa segmentação permitiu uma execução precisa e eficiente, garantindo a qualidade e a efetividade da solução entregue à Bahiagás. A colaboração e suporte da equipe da Bahiagás foram vitais para o sucesso desta modernização na rede de distribuição.

Um aspecto ser ressaltado foi a colaboração essencial do André Bittencourt, figura-chave na Bahiagás, cujo papel foi fundamental para o sucesso e a construção dessa solução. Sua abordagem consultiva e colaborativa foi um diferencial na consecução dos objetivos inicialmente propostos, contribuindo significativamente para o êxito deste projeto.

A configuração da rede de distribuição representou um avanço notável para a Bahiagás, estabelecendo novos padrões na gestão de ativos e reforçando a eficiência operacional da empresa. Este processo não só atendeu, mas também superou as expectativas, proporcionando um cenário estratégico e tecnológico para futuros desenvolvimentos e melhorias.

rede de gás natural de exemplo no utility networ UN do ArcGIS Esri
Imagem ilustrativa que não corresponde à rede da Bahiagás.

A primeira Utility Network de gás no Brasil

Para nós da Imagem, foi um marco importante sendo a primeira UN de gás no Brasil, implantada com sucesso, trazendo melhoria no processo para o cliente, maior qualidade para os consumidores finais da Bahiagás, aprendizado para as Equipes e uma parceria que irá gerar ainda mais inovação e tecnologia GIS no futuro próximo.

Imagem de redes de tubulação e o texto transforme seus as built com digitalização no setor de gás botão acessar

Leia neste artigo

Descubra o poder das soluções

Preencha o formulário para que um especialista Imagem possa encontrar a solução que você precisa.

5 5 votes
Avalie o Artigo
Acompanhe estes comentários
Me avise sobre

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Faça sua busca
EU Esri 2024

Antes de sair...

O EU Esri Brasil está chegando!