*Dica do Editor: Clique aqui e acesse GRATUITAMENTE a apresentação da Taesa sobre: “Ferramentas GIS na Gestão de Faixas de Servidão das Linhas de Transmissão”!

*Saiba mais detalhes sobre a condição especial para Planejamento Urbano e Meio Ambiente de prefeituras menores clicando aqui!

Gerir o território de uma forma eficiente e proporcionar melhorias constantes e qualidade de vida para os cidadãos por meio do GIS, ou SIG (Sistema de Informações Geográficas), alcançando um equilíbrio entre um bom planejamento e a disponibilidade do dinheiro público.  

É um desafio diário vivenciado por todas as administrações municipais! 

Diante dessa realidade, a utilização de geotecnologias passou a fazer parte da rotina de muitas secretarias, permitindo uma governança baseada em dados atuais e confiáveis, a transformação digital, a desburocratização de processos e a transparência para o cidadão.  

Acontece que, em muitos casos, muitas prefeituras ainda acreditam que o investimento em tecnologias que suportem a gestão do território não são alcançáveis no seu contexto, seja por questões culturais da organização, pela falta de mão-de-obra especializada ou pela suposição de que o investimento nessas ferramentas é extremamente elevado e não condiz com os recursos financeiros disponíveis. 

Entretanto, no mercado, é possível encontrar soluções modulares, adaptáveis à realidade de cada prefeitura. Como mencionei acima, os desafios e os propósitos vivenciado pelas prefeituras são exatamente os mesmos e, algumas vezes, variam somente de acordo com a escala.  

Modernizar, reestruturar, adotar novas tecnologias, melhorar continuamente os processos, alavancar a qualidade do serviço público, são premissas que precisam ser enraizadas em todo o setor, não somente em grandes cidades.  

Como podemos ajudar?

Com a missão de apoiar prefeituras menores a alcançarem esses resultados, a Esri está disponibilizando condições especiais para municípios que possuem menos de 250.000 habitantes. Os nossos pacotes incluem um desconto de até 70% nos licenciamentos da Plataforma ArcGIS, além de possibilidades de aplicações já configuradas e prontas para uso!  

Sendo assim, a Imagem priorizou duas secretarias para essa ação – Planejamento Urbano e Meio Ambiente – áreas extremamente vinculadas ao uso de geotecnologias.  

Blogpost-RedeSocial-A-Democratizacao-SIG-Prefeituras-Menores-CTA

A Plataforma ArcGIS abrange ferramentas capazes de apoiar as prefeituras em diversas atividades, possibilizando um fluxo de processos totalmente integrado. Dessa forma, o pacote de licenciamento inclui: 

  • Aplicações desktop para cadastro e manutenção dos dados geográficos; 

  • Aplicações para uso em campo, compatíveis com celulares e tablets;  

  • Aplicações de painéis gerenciais e de desempenho; 

  • Aplicações de compartilhamento de dados tanto internos (entre secretarias) quanto externos (criação de geoportais para que a população tenha acesso às informações trabalhadas pela prefeitura). 

Na prática, as secretarias de Planejamento Urbano e Meio ambiente podem utilizar a Plataforma para as seguintes atividades:  

tabela-post-blog-bundles

Como a ferramenta é totalmente modular, outras atividades podem ser englobadas nas aplicações e inseridas na Plataforma ArcGIS.  

Através dessa condição especial disponibilizada pela Esri, será possível superar, principalmente, as barreiras financeiras e administrativas vivenciadas por prefeituras, levando o GIS para a toda organização e a população.  

Sendo assim, uma excelente forma de iniciar novos mandatos pautados em dados, tecnologias, desburocratização e focado em resultados já estão a disposição também para prefeituras de cidades menores.  

Quer garantir todos os benefícios do ArcGIS com condições especiais para prefeituras menores? Preencha o formulário abaixo: 



Fique por dentro de todas as novidades do Portal GEO. Faça grátis sua inscrição!

Você também pode gostar:

Map Viewer Beta, a próxima geração de mapeamento

SAÚDE PÚBLICA EM ALERTA: veja especialistas falando de medidas eficazes contra o coronavírus

ArcGIS Field Maps, uma nova ferramenta para mobilidade

As geotecnologias na Nova Gestão Pública

Monitoramento do COVID-19 em terras indígenas no Mato Grosso

5 etapas efetivas para governos enfrentarem o COVID-19


Você gostou desse artigo?

O Portal GEO está sempre trabalhando para trazer novidades, tendências e o que há de melhor em dicas do universo GIS. Clique abaixo e faça sua inscrição gratuita para receber com comodidade todos os nossos artigos, que tenho certeza, vão te apoiar em seu cotidiano profissional e pessoal, te deixando sempre bem informado: