Revolucionando o monitoramento de incêndios florestais com a tecnologia SAR da ICEYE

A intensidade e a frequência dos incêndios florestais têm sido amplificadas pelas mudanças climáticas e práticas inadequadas de manejo florestal em todo o mundo.

Ricardo Guerra

Em agosto de 2020, o oeste dos Estados Unidos foi severamente impactado por uma série de incêndios florestais substanciais na Califórnia, Oregon e Washington, com incêndios adicionais em toda a costa oeste no início de setembro. De acordo com o banco de dados da NOAA, órgão responsável por centralizar informações sobre emergências atmosféricas nos EUA, cinco dos seis maiores incêndios florestais já registrados na Califórnia (desde o início da contagem em 1932) aconteceram durante esse período.

Ventos fortes, além do clima quente e seco levaram muitos desses incêndios a se fundirem e se transformarem em megaincêndios sem precedentes. Esta temporada recorde de incêndios florestais nos EUA queimou mais de 10,2 milhões de acres (41.000 quilômetros quadrados), envolveu dezenas de milhares de bombeiros e atingiu mais de dez mil estruturas. O impacto econômico dos incêndios ultrapassou US$ 19 bilhões (base US$ de 2020), abrangendo US$ 16,5 bilhões em danos materiais (R$ 80,8 bilhões, base R$ de 2023).

O evento demonstrou a complexidade dos desafios enfrentados pelas seguradoras e equipes de resposta a desastres ao lidar com desastres de incêndios florestais nessa escala, especialmente na avaliação de danos devido à fumaça pesada, cinzas e acesso restrito às áreas afetadas.

A principal delas é a capacidade de estabelecer provas de perda quando é impossível acessar áreas afetadas ou ver através de cinzas pesadas e fumaça, o que pode dificultar o processo de sinistros e atrasar a comunicação com as partes interessadas. Isso deve mudar agora, já que a tecnologia de Radar de Abertura Sintética (SAR) da ICEYE está transformando a forma como as seguradoras e as equipes de resposta a desastres avaliam os danos causados por incêndios florestais.

MONITORAMENTO DE INCÊNDIOS FLORESTAIS QUASE EM TEMPO REAL

Usando a mesma tecnologia de Radar de Abertura Sintética (SAR) que a ICEYE já usa para avaliações de impacto de inundações em todo o mundo, é possível rastrear eventos de incêndios florestais quase em tempo real e compartilhar insights de dados valiosos com as partes interessadas.

Ao contrário das imagens aéreas ópticas, os satélites SAR – graças à sua capacidade de adquirir imagens em quaisquer condições – podem fornecer feedback rápido durante um evento de incêndio florestal e subsequentes atualizações de intervalo de 24 horas, permitindo que as seguradoras processem sinistros de forma rápida e precisa.

Para aqueles encarregados de proteger pessoas e bens, podemos oferecer informações construtivas em diferentes níveis sobre o que está acontecendo no terreno. Além disso, usando várias fontes de dados, podemos até dizer onde há incêndios ativos e quão perto eles estão de áreas construídas. Esses alertas antecipados se tornarão cada vez mais importantes à medida que áreas e comunidades propensas a incêndios florestais estão buscando melhorar sua resposta e resiliência aos desastres.

Aplicativo web da ICEYE que atualmente exibe incêndios florestais ativos nos EUA.

Recentemente, nós da Imagem lançamos uma campanha que utiliza o ArcGIS e imagens de satélite ou SAR para entregar uma solução completa à governos e órgãos fiscalizadores no Brasil. Clique e acesse para relembrar aqui!

UMA ABORDAGEM BINÁRIA PARA A AVALIAÇÃO DE DANOS EM EDIFÍCIOS DE INCÊNDIOS FLORESTAIS

Até o final de 2023, a ICEYE planeja lançar seu produto Wildfire Building Damage Assessment, inicialmente com foco nos EUA, seguido pela Austrália e Canadá. Esta ferramenta de ponta já está em fase Beta e inclui:

  • aplicativo de monitoramento de incêndios florestais que exibe todos os eventos ativos;
  • avaliação de danos ao edifício que fornece se um imóvel está destruído ou não.

Em comparação com o aplicativo da ICEYE Flood Insights, a principal diferença com as avaliações de dados de incêndios florestais é que eles são binários por natureza, pelo menos para o momento atual. Nossa metodologia é baseada em machine learning e pode determinar quais estruturas estão intactas e quais estão totalmente destruídas.

Para as companhias de seguros e resseguros, isso oferece uma avaliação inicial de danos para orientar uma avaliação de perdas no terreno de propriedades que sofreram danos parciais (embora danos parciais sejam bastante raros no caso de incêndios florestais). Os insights da tecnologia da ICEYE ajudam nesta segunda etapa, indicando onde os recursos devem ser implantados para garantir a segurança contínua das pessoas em terra.

A ICEYE fornece resultados em um formato vetorial (pontos de latitude, longitude ou rastros da construção).

É difícil não ficar animado com o potencial desses poderosos insights de observação da Terra sobre incêndios florestais e seu impacto nas comunidades afetadas.

Há um enorme potencial para desenvolver o produto no futuro, desenvolvendo soluções inovadoras de transferência de risco, implementando em todas as regiões afetadas por incêndios florestais e ampliando a gama de ativos que monitoramos e avaliamos – por exemplo, automóveis e trabalhando com agricultores.

As avaliações de danos causados por incêndios florestais da ICEYE apresentam informações de danos à propriedade rapidamente, independentemente da quantidade de fumaça e cinzas que possam estrar atrapalhando a visualização dos terrenos por imagens ópticas comuns.

Conteúdo adaptado de Penelope Kourkouli, Gerente de Produto de Incêndios Florestais, da ICEYE, empresa finlandesa parceira da Imagem Geosistemas.

Leia neste artigo

Descubra o poder das soluções

Preencha o formulário para que um especialista Imagem possa encontrar a solução que você precisa.

0 0 votes
Avalie o Artigo
Acompanhe estes comentários
Me avise sobre

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Faça sua busca

Espere,

Separamos as Principais atualizações do ArcGIS para Você!