Automatização do processo de criação de pré-projetos de redes, áreas de atendimento de Fibra, compra de cabos e atividades de campo.

Marcio Nogueira

Especialista De Marketing Produtos E Verticais

Apesar de estarem muito próximas e por vezes atuarem como grandes empresas de tecnologia, parte das empresas de Telecom convivem com um paradigma: se por um lado se posicionam e oferecem soluções como verdadeiras “Big Techs”, por outro, mantém parte de seus processos ainda no passado. E isso tem um alto custo!

Não é incomum encontrar processos de expansão, implantação e gestão das redes descentralizados e departamentais, ferramentas inadequadas ou ultrapassadas e até mesmo, em casos mais específicos, atividades ainda executadas e controladas em papel.

Neste sentido, em um momento de concorrência acirrada, desafios econômicos e uma grande necessidade do mercado em mergulhar nesta transformação digital, entende-se como prioridade aos vencedores do setor, empregar as melhores tecnologias e práticas para modernizar processos e garantir a otimização de recursos.

E para endereçar algumas dessas questões, trazemos uma solução que utiliza o  ArcGIS e seu ecossistema de funcionalidades.

Automatização de pré-projetos de redes de fibra e análise de custos com ArcGIS

Partindo de uma base de postes, a ideia é criar, automaticamente, pré-projetos de Fibra, área de cobertura de rede, estimativas para compra de bobinas de drops (Cabos) e acompanhar atividades complementares em campo.  Com ela, é possível reduzir o tempo de execução de atividades de pré-planejamento e projetos de rede, digitalizar processos, reduzir custos com equipamentos, drops, erros cadastrais, retrabalho e revisitas a campo.

Outro ponto importante para as Telecons é que a solução permite gerar dados que podem prever valores estimados sobre os custos com aluguel de postes em uma determinada área de expansão. Uma informação-chave para planejar e medir a rentabilidade e retorno dos projetos implantados e futuros.

O ecossistema de ferramentas já existente no ArcGIS também permite compartilhar e dar visibilidade através de dashboards, painéis, portais web e dispositivos móveis sobre atividades amplas que vão desde planos de expansão, implantação, pontos de atendimento, gestão de indicadores e metas (Take Up, NPS etc.), gestão de falhas, atividades de campo, auditoria cadastral, gestão de obras e até mesmo processos de venda (porta a porta) e pós-venda.

Cabe destacar que com o ArcGIS o cliente também tem acesso a uma grande variedade de ferramentas nativas, como, por exemplo, editar, modelar e criar soluções a partir de bases de apoio (dados demográficos, postes etc.), dados próprios (elementos de rede, HP, HC, concorrência etc.), dados públicos, geocodificação de endereços, gerar rotas, imagens de satélite, mapas temáticos e integração com outros serviços de mapas públicos, como o Open Street Maps.

4 benefícios indiscutíveis do ArcGIS para as Telecons

Os benefícios ficam claros quando entendemos o grande potencial transformador que o ArcGIS pode trazer para as Telecons, porém, cabe destacar alguns outros pontos:

  1. Digitalizar e melhorar o controle de fluxos de trabalho com todas as tarefas e processos executados em um único sistema, disponível para toda organização;
  2. Criar e publicar visões corporativas e padronizadas, melhorando a rastreabilidade dos dados (bases únicas, sistemas únicos, controle de acessos), aumentando a segurança da informação e evitando produção de análises e bases “pessoais”;
  3. Melhorar o processo de comunicação compartilhando suas análises com todas as partes interessadas na organização;
  4. Aumentar a visibilidade e o engajamento da companhia em relação a seus projetos e metas.

Leia neste artigo

Descubra o poder das soluções

Preencha o formulário para que um especialista Imagem possa encontrar a solução que você precisa.

5 1 vote
Avalie o Artigo
Acompanhe estes comentários
Me avise sobre

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Faça sua busca

Espere,

Separamos as Principais atualizações do ArcGIS para Você!