Inteligência geográfica é solução para questões emergenciais de Utilities

Diogo Reis

Diogo Reis

Especialista em Saneamento - Imagem Esri

GIS garante avanços na gestão de recursos hídricos e saneamento

No Brasil, o atendimento da rede de água ainda deixa 16% da população descoberta e, em dez anos, avançou apenas 3%, segundo dados de 2020 do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS).

Na gestão para solucionar gargalos como esses, posso afirmar com convicção que a tecnologia de geolocalização é um relevante recurso disponível.

Você sabe como se dá essa efetiva contribuição quando se trata de serviços de utilidade pública, as empresas de Utilities, visando planejamento e execução nas áreas de recursos hídricos e saneamento básico?

Se a sua resposta para essa pergunta evidencia dúvidas, por aqui, trago dois tópicos contundentes sobre as soluções estratégicas da geolocalização para apoiar o desenvolvimento do setor e o progresso da qualidade de vida dos brasileiros.

1 – Análises e gestão se tornam mais assertivas com visão contextualizada

Os serviços de geolocalização dão suporte para as companhias e empresas de Utilities no que diz respeito à visão macro e contextualizada.

O ArcGIS Utility Network é estratégico nesse sentido, uma vez que é uma tecnologia GIS mais moderna para o gerenciamento de redes de saneamento.

Em um Sistema de Informações Geográficas (GIS), os dados da rede podem ser gerenciados e projetados em formatos digitais. Isso contribui para que as análises sejam mais fidedignas, a gestão mais direcionada e as tomadas de decisões, mais assertivas.

2 – Ganha-se agilidade diante de questões emergenciais

Como exemplo prático dessa visão contextualizada garantida pela geolocalização, podemos citar a rapidez para realizar inspeções e manutenções, acelerando a resolução de eventuais falhas.

Além da vantagem econômica que essa agilidade agrega, sem dúvidas já um expressivo ganho em direção a melhorias que impactam diretamente na qualidade e na sustentabilidade dos serviços de saneamento básico, em atendimento à população brasileira.

GIS é ponte para metas do marco legal do saneamento básico

Diante desses argumentos, podemos afirmar com segurança que um Sistema de Informações Geográficas é elemento-chave para que o Brasil atinja metas do novo marco legal do saneamento básico, para que possamos alcançar a universalização do acesso a um item tão básico à saúde e bem-estar até 2033.

O próprio marco pontua que a tecnologia deve ser um recurso adotado para a garantia da qualidade, redução de custos e diminuição de desperdícios. Tenho certeza de que o ArcGIS Utility Network atua a favor de todos esses objetivos e, principalmente, para que sejamos um país melhor e igualitário no acesso à infraestrutura básica!

Quer saber muito mais sobre ArcGIS Utility Network? Clique abaixo e veja a funcionalidade e os benefícios!

Fique por dentro de todas as novidades do Portal GEO. Faça grátis sua inscrição!

Você também pode gostar:

ArcGIS Utility Network: Benefícios e Vantagens para as Utilities

Saneamento: Gerenciamento de Redes e os desafios da Modernização​


Você gostou desse artigo?

O Portal GEO está sempre trabalhando para trazer novidades, tendências e o que há de melhor em dicas do universo GIS. Clique abaixo e faça sua inscrição gratuita para receber com comodidade todos os nossos artigos, que tenho certeza, vão te apoiar em seu cotidiano profissional e pessoal, te deixando sempre bem informado:

Leia neste artigo

Descubra o poder das soluções

Preencha o formulário para que um especialista Imagem possa encontrar a solução que você precisa.

0 0 votes
Avalie o Artigo
Acompanhe estes comentários
Me avise sobre

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Faça sua busca

Espere,

Separamos as Principais atualizações do ArcGIS para Você!