A gestão do tempo é um grande desafio atualmente. Minimizar tarefas repetitivas ou demoradas e aumentar a produtividade são cruciais para manutenção dos negócios. A automatização é uma grande aliada neste sentido e pode garantir além do maior rendimento nas atividades, a redução de erros e maior controle e qualidade. Como peça-chave para alcançar o almejado, falarei abaixo sobre os benefícios do ArcGIS e do Power Automate.

O Power Automate é um serviço da Microsoft integrado ao Office 360 que auxilia nessa automação de fluxos de trabalho. Com ele você pode unir sistemas, aplicativos e dados para controlar ações, receber notificações, validar etapas, entre outras atividades. Tudo isso através de gatilhos ou botões de ação sem o uso de código com uma interface amigável.

Você começa conectando ações automáticas para criar um fluxo completo de trabalho para ser executado pela máquina. O que muitos não sabem é que usar o sistema ArcGIS também é possível em conjunto com o Power Automate.

ArcGIS conectado ao Power Automate

Atualmente há alguns conectores e ações do ArcGIS disponível no Power Automate. Inicialmente o ArcGIS Survey123 (https://docs.microsoft.com/pt-br/connectors/survey123/) era a principal porta de entrada para a automação de tarefas, contudo hoje já temos outras possibilidades de uso, confira também na documentação oficial.

  • Conexão com pesquisas de campo;
  • Geocodificação de endereços;
  • Enriquecimento de dados com variáveis ​​demográficas;
  • Roteamento ponto a ponto;
  • Conexão de Dados e geometria de camadas de feição.

Como posso usar o ArcGIS com o Power Automate?

Na prática é bem simples criar o seu primeiro fluxo no Power Automate conectado ao ArcGIS. Como há diversos gatilhos e conexões com variados sistemas, apresento alguns exemplos possíveis e com isso você pode dar asas a sua imaginação:

Com o gatilho inicial, ou seja o evento que irá disparar o fluxo, sendo o momento de uma resposta de pesquisa enviada através do ArcGIS Survey123 você pode notificar por e-mail o responsável para validar dados ou executar alguma análise necessária.

Para uma determinada planilha do Excel com uma lista de endereços em algum local na sua área de trabalho ou na nuvem é possível geocodificá-la automaticamente, enriquecendo cada registro com base em sua localização.

Quando uma resposta de pesquisa é enviada através do ArcGIS Survey123 você pode também inserir uma aprovação, enviando os dados para um coordenador ou gerente que pode avaliar e responder rapidamente após ser notificado por e-mail, teams, entre outros.

Após o recebimento da resposta podemos adicionar uma condição que irá a partir do que foi respondido tomar uma ou outra ação específica. Neste caso, se a resposta é igual a “aprovado” podemos adicionar os dados a uma planilha, porém com uma resposta diferente podemos notificar outro responsável que poderá agir a partir disso.

Há inúmeras possibilidades de automações neste quebra cabeça de múltiplas peças chamado Power Automate e todas podem ser unidas ao ArcGIS. Essa integração entre o ArcGIS e o Power Automate está em plena expansão, com mais ações a serem disponibilizadas brevemente.

O ganho com os fluxos automatizados é enorme. Mapeie em sua organização as atividades que podem ser incluídas neles e conte com a Imagem para ajudá-lo.

Você também pode gostar:

Automatização de processos: Model Builder, Python, ArcGIS Pro e ArcGIS Online

GIS e Evolução tecnológica no setor de mineração

Como assegurar a produtividade do trabalho de campo


Você gostou desse artigo?

O Portal GEO está sempre trabalhando para trazer novidades, tendências e o que há de melhor em dicas do universo GIS. Clique abaixo e faça sua inscrição gratuita para receber com comodidade todos os nossos artigos, que tenho certeza, vão te apoiar em seu cotidiano profissional e pessoal, te deixando sempre bem informado: