Veja neste artigo quais os benefícios de utilizar imagens de drones nos processos do setor de mineração e como tratar essas imagens em um sistema adequado e eficiente.

A indústria de mineração é um setor muito dinâmico, que lida com mudanças muito frequentes em seu território. O acompanhamento dessas mudanças é de suma importância para manutenção dos níveis de produtividade e segurança operacional.

A abertura de novas frentes de lavra, mobilização de pilhas de materiais, construção e descaracterização de barragens e abertura de novas vias de acesso são alguns dos inúmeros exemplos de atividades que alteram rotineiramente a paisagem e as feições das áreas mineradas.

O rápido ritmo dessas mudanças faz com que seja necessário um monitoramento constante para acompanhar essas rápidas transições, minimizando os impactos decorrentes dessas atividades, além de permitir acompanhamento do desenrolar das atividades.

O uso de imagens de drones

Uma tecnologia bastante recente, mas muito eficiente neste sentido é a aquisição de imagens por meio de veículos aéreos não tripulados, também conhecidos como VANTs ou Drones.

Esses equipamentos são capazes de adquirir imagens de um mesmo setor com elevada taxa de revisita, possibilitando o acompanhamento constante das alterações envolvendo a área observada.

Imagens obtidas por esses veículos possibilitam acompanhar e inspecionar obras, observar equipamentos, verificar taludes e barragens, além de mapear quaisquer áreas que sejam de interesse de suas atividades.

Imagens de drones integradas ao GIS

A integração dessas imagens de drones com um sistema GIS permite aos técnicos e gestores visualizarem os resultados de forma remota, sem necessidade de estarem em campo.

A utilização de sistemas eficientes de tratamento de imagens de drones possibilita a criação de ortomosaicos precisos e confiáveis, os quais servirão como base para a elaboração de mapas e a para a criação de modelos 3D, os quais serão muito úteis como suporte à inúmeras outras atividades.

Mesmo estando diante do teatro de operações, ao integrar tais imagens a um ambiente GIS, o usuário pode utilizar as imagens para realizar todas as operações que sejam necessárias para realizar seus mapeamentos e para proceder suas rotinas de inspeção, demarcando locais com eventuais problemas, indicando aos agentes de campo exatamente quais pontos devem ser visitados para avaliação in loco.

A experiência atual tem demonstrado que a utilização de drones é capaz de gerar grande economia às companhias, uma vez que o acompanhamento frequente possibilita detectar qualquer não-conformidade logo no início de seu surgimento, evitando que se transforme em um grande problema.

Quer ver mais sobre integrar imagens de drones em um sistema GIS?
CLIQUE AQUI OU NO BANNER ABAIXO:

Demonstração do ArcGIS em tratamento de imagens de drones - Produtividade na mineração em tempos de home office


Fique por dentro de todas as novidades do Portal GEO. Faça grátis sua inscrição!

Você também pode gostar:

TRATAMENTO DE IMAGENS DE DRONES: TESTE VOCÊ MESMO!

ArcGIS Field Maps, uma nova ferramenta para mobilidade

Produtividade na mineração em tempos de home office

5 razões para utilizar imagens Landsat no ArcGIS

5 etapas efetivas para governos enfrentarem o COVID-19


Você gostou desse artigo?

O Portal GEO está sempre trabalhando para trazer novidades, tendências e o que há de melhor em dicas do universo GIS. Clique abaixo e faça sua inscrição gratuita para receber com comodidade todos os nossos artigos, que tenho certeza, vão te apoiar em seu cotidiano profissional e pessoal, te deixando sempre bem informado: