Atualmente com o software da ESRI, é possível fiscalizar e gerenciar obras de construção de forma muito simples. Veja abaixo, no artigo que escrevi em parceria com o Ricardo Vieira da Silva, que também é Trainee da Imagem.

O que é ArcGIS?

O ArcGIS é composto por 3 componentes (registro, engajamento, insights), que atuam entre si como um sistema integrado de informações geográficas.

Cada componente tem um papel essencial no processo de criação, edição, coleta, análise e compartilhamento das informações, os quais permitem a estruturação de um fluxo otimizado de procedimentos e atividades em cada uma das etapas do processo de gestão dos dados e informações de uma organização.

Sobre a nossa solução

Através dos aplicativos de campo do ArcGIS, integramos as informações obtidas nos relatórios de campo aos gestores de obra a fim de agilizar o fluxo de trabalho e ajudar na tomada de decisão, bem como auxiliamos o monitoramento de recursos para uma redução de gastos de insumo e monitoramento inteligente das equipes de campo.

A oferta disponibiliza, ainda, uma forte possibilidade de customização e integração com outras ferramentas conforme a necessidade do cliente, como a possibilidade de utilizar o SiteScan para trabalhar com drones ou o Business Analyst Online para a identificação de locais estratégicos com o propósito de obra. Além disso, o ArcGIS possui integração facilitada com o software da Autodesk para utilizar modelos 3D importados no ambiente GIS.

Qual é o fluxo de trabalho?

O gestor de obras pode atribuir tarefas para toda a equipe em campo e acompanhar o progresso das atividades, integrando com as informações a serem coletadas pelo fiscal de obras.

O fiscal de obras pode coletar as principais informações da obra como tipo de material, localização, custos no seu dispositivo móvel (tablet, smartphone, etc…) junto com a sua equipe de campo.

Todas essas informações são armazenadas na nuvem, e o gestor de obras pode acompanhar todas as atualizações em tempo real no painel virtual de operações.

Simulação de um exemplo

Aqui nesse exemplo fictício, a coleta está sendo realizada para fiscalização de obras na rodovia BR-101:

Paralelamente, as tarefas são atribuídas para cada fiscal de obras da equipe no trecho da rodovia BR-101 e assim é possível acompanhar o início e o fim das tarefas:

Enquanto os dados são atualizados, conseguimos visualizar um painel com as informações personalizadas em tempo real:

Benefícios

Através nosso forte entendimento de negócio do cliente, utilizamos nosso know-how para oferecer:

  • Modernização de todo fluxo de trabalho, gerando mais competitividade para a empresa;

  • Agilidade no compartilhamento de informações entre campo e escritório.

  • Informações detalhadas sobre os recursos da obra;

  • Confiabilidade maior nos relatórios pois seus dados são digitalmente coletáveis;

  • Maior sustentabilidade nos processos porque dispensa o uso de papel;

  • Integração com tecnologias de ponta como, por exemplo, gêmeos digitais, drones, IoT, BIM, etc…

Quer se aprofundar no assunto aplicado em
gestão de obras públicas?
Então você vai adorar o material abaixo sobre o uso de Drones para mapeamento de Obras!

Fique por dentro de todas as novidades do Portal GEO. Faça grátis sua inscrição!

Você também pode gostar:

Aplicação de Técnicas de Deep Learn e Pytorch para Censo em Plantio Florestal 90 dias

EBook: Os 25 anos de Geoprocessamento da SEDU / PARANACIDADE

INDI Maps – Plataforma de Site Selection para Atração de Investimentos em Minas Gerais

Planejamento urbano com qualidade para os municípios paranaenses


Você gostou desse artigo?

O Portal GEO está sempre trabalhando para trazer novidades, tendências e o que há de melhor em dicas do universo GIS. Clique abaixo e faça sua inscrição gratuita para receber com comodidade todos os nossos artigos, que tenho certeza, vão te apoiar em seu cotidiano profissional e pessoal, te deixando sempre bem informado: