Acredito que você, assim como eu, já saiu atrasado de casa para um compromisso importante e acabou por recorrer a um aplicativo de rotas no celular para que ele informasse o caminho mais rápido até o local desejado.

Outra situação que muitos já devem ter passado recentemente, ou vão passar em breve, é se dirigir até um centro de vacinação do COVID-19 e, a fim de evitar deslocamentos desnecessários e/ou aglomerações, os governos estão alocando vários centros de vacinação de forma estratégica nas cidades.

Em ambas as situações uma Network Analyst ou Análise de Rede foi executada por alguém anteriormente para que você, público final, pudesse fazer uso do resultado dessa análise. Seja percorrendo o caminho mais rápido até o seu compromisso ou se dirigindo ao centro de vacinação mais próximo da sua residência.

Então hoje eu vou mostrar a vocês o que é uma Network Analyst e como ela pode otimizar e maximizar seus negócios ou processos, ou seja, FAZER VOCÊ PARAR DE PERDER TEMPO.

O que é uma Análise de Rede?

As Rede são um conjunto de localizações humanas articuladas entre si por meio de vias e fluxos envolvendo poder, cooperação e relações entre várias esferas sociais. Logo, Análise de Rede é a compreensão do funcionamento das Redes e como você pode se beneficiar dela.

Aplicando o conceito ao mercado, é possível citar como vantagens da Análise de Rede:

  • Permitir o movimento eficaz de mercadorias, organização e coordenação eficientes de veículos e análise de rede de transporte inteligente;

  • Tomada de decisões mais inteligentes, desenvolvendo planos de roteamento estratégico;

  • Economia de tempo e dinheiro criando e implementando planos de rota diários para resolver problemas de roteamento de veículos e realizar análises de rede espacial pós-rota para maior percepção;

  • Integração aos fluxos de trabalho e sistemas de negócios existentes para aumentar a eficiência organizacional.

Como a Análise de Rede pode otimizar e maximizar seus negócios ou processos?

Eu separei dois cases para mostrar como a Análise de Rede pode ser útil a você.

CASE #01: Avaliação de acesso ao transporte público

O primeiro exemplo que nós vamos explorar diz respeito a “Avaliação de Acesso ao Transporte Público”, a fim de identificar áreas da cidade que mais necessitam de novas linhas de ônibus. Se quebrarmos o objetivo geral da atividade em etapas teremos:

  • Visualização do serviço existente: essa visualização pode ser realizada através de uma base de dados a qual você já tenha – shapefile de pontos, arquivo CAD, planilha de coordenadas –, ou ainda através da coleta em campo com aplicativos mobile;

  • Visualizar a região alcançável com a área do serviço: as áreas de serviço determinam um buffer de influência daquela localização em específico a partir de parâmetros pré-estabelecidos, como distância de condução, tempo de condução, distância de caminhamento, tempo de caminhamento, etc.
    Trazendo essa análise para algumas indústrias por exemplo, podemos aplicar no transbordo de colheita no Agronegócio, no gerenciamento das equipes de campo durante a gestão de ativos, manutenção de rede na área de Utilities, na gestão dos centros de distribuição em Commercial e Varejos;

  • Avaliar quais regiões não cobertas pelo serviço mais necessitam de atendimento: a avaliação de regiões é a etapa mais importante, visto que ela vai determinar as áreas prioritárias, e o mais interessante é que o GIS permite a sobreposição de diversas informações, ou seja é possível, sobrepor as informações geográficas informações de densidade populacional, renda, educação etc. para que a decisão ao ser tomada seja a mais assertiva possível, considerando os mais diversos cenários.

CASE #02: Planejamento de rotas para transporte de pessoas

O segundo exemplo que nós vamos explorar aqui diz respeito ao “Planejamento de Rotas para Transporte de Pessoas”, identificando as rotas e paradas mais eficientes a serem realizadas pelo motorista levando em consideração o tempo total do percurso, o número máximo de paradas permitidas e o tempo gasto em cada parada. Pensando novamente em quebrar o objetivo geral da atividade em etapas, podemos ter:

  • Criar camadas para análise: Vamos imaginar que uma escola dispões do serviço de transporte dos seus alunos onde um ônibus vai buscar os alunos em suas residências pela manhã e os leva até a escola e ao fim das aulas por volta de meio dia pega os mesmos na escola e os leva até suas casas novamente. Então, de maneira bem similar ao Case #01 na etapa de ‘Visualização do serviço existente’, precisamos visualizar na tela os itens a serem analisados, nesse caso a Escola, a Garagem de onde o ônibus parti, e a Residência dos alunos, e é possível fazer isso, como já comentando, através de uma base de dados a qual você já tenha – shapefile de pontos, arquivo CAD, planilha de coordenadas –, através da coleta em campo com aplicativos mobile, ou ainda fazendo uso de ferramentas de geocodificação de endereços;

  • Identificar rotas e paradas mais eficientes: lembra quando no começo do texto eu citei vantagens da Análise de Rede? Se não lembra, volta e lê novamente, mas muitas dessas vantagens são percebidas justamente nesse ponto de Identificação de rotas e paradas, nesse case é aqui que você para de perder tempo, porque a partir dessa identificação os custos de transporte podem ser reduzidos sequenciando as paradas e encontrando os caminhos mais curtos entre as paradas, considerando várias restrições, como janelas de tempo, capacidades do veículo e tempo máximo de viagem, o atendimento ao cliente pode ser melhorado através de tempos de resposta mais rápidos ou locais de instalação mais convenientes, etc.

Quer saber mais como trabalhar com o Network Analyst? Clique abaixo e veja no Laboratório ArcGIS na Prática!

Fique por dentro de todas as novidades do Portal GEO. Faça grátis sua inscrição!

Você também pode gostar:

Aplicação de Técnicas de Deep Learn e Pytorch para Censo em Plantio Florestal 90 dias

EBook: Os 25 anos de Geoprocessamento da SEDU / PARANACIDADE

INDI Maps – Plataforma de Site Selection para Atração de Investimentos em Minas Gerais

Planejamento urbano com qualidade para os municípios paranaenses


Você gostou desse artigo?

O Portal GEO está sempre trabalhando para trazer novidades, tendências e o que há de melhor em dicas do universo GIS. Clique abaixo e faça sua inscrição gratuita para receber com comodidade todos os nossos artigos, que tenho certeza, vão te apoiar em seu cotidiano profissional e pessoal, te deixando sempre bem informado: