A integração de dados BIM e GIS é algo que têm se desenvolvido nos últimos anos, principalmente após a aliança firmada entre Autodesk e Esri em 2017, que conecta o “Make Anything” com “The Science of Where”. Desde então, ambas têm desenvolvido melhorias e novas soluções que visam aprimorar essas conexões e facilitar os fluxos de trabalho com dados espaciais de informação geográfica e modelos CAD e BIM 3D.

Como resultado desses avanços, existe hoje uma série de integrações entre Esri e Autodesk, como por exemplo um engenheiro ou designer usando o Autodesk Civil 3D ou Infraworks pode criar modelos Revit e projetos, que uma vez hospedados no ambiente Cloud da Autodesk, é possível criar conexões e acessar facilmente esse conteúdo no ArcGIS Pro, que por sua vez, pode ser usado como ferramenta de análises, bem como integrador de outras informações geográficas, como camadas, imagens e dados espaciais.

Possibilidades de conexões entre os ambientes Cloud e desktop da Esri e Autodesk
Possibilidades de conexões entre os ambientes Cloud e desktop da Esri e Autodesk

Estas conexões, até então, estabelecem um padrão de fluxo de trabalho entre ambientes desktop para a nuvem, e vice-versa, permitindo um fluxo de trabalho mais conectado e colaborativo.

Neste artigo, vamos conhecer algumas das novidades incorporadas ao Sistema ArcGIS no que se diz respeito à temática de GIS & BIM, e nas novas possibilidades de trabalhar com estes dados usando os softwares e aplicações da Esri.

Novo formato de arquivo BIM suportado

A atualização do ArcGIS Pro 2.8 em maio de 2021 introduziu alguns novos recursos para o trabalho com dados CAD e BIM. Uma dessas novidades é que o suporte a dados BIM foi expandido para incluir arquivos Industry Foundation Classes (IFC) como um BIM Workspace no ArcGIS, expandindo as possibilidades, além de arquivos Revit e .dwg como fontes, que eram as opções até então.

Este é um modelo bastante usado para transferir dados openBIM entre sistemas de software. Atualmente, o ArcGIS Pro suporta Building IFC 2 × 3 e 4x e será expandido conforme os padrões futuros forem adotados.

Exemplo de um Modelo IFC no ArcGIS Web AppBuilder
Exemplo de um Modelo IFC no ArcGIS Web AppBuilder

Aos que já estão habituados com arquivos Revit no ArcGIS, esta nova possibilidade de trabalhar com dados IFC segue os mesmos fluxos de trabalho BIM:

Fluxo de trabalho de arquivos IFC e Revit como entrada no ArcGIS Pro

Dados BIM para a criação de Digital Twins

Trazer um modelo IFC ou Revit para o ArcGIS Pro habilita os profissionais GIS a incorporar e compartilhar o modelo BIM com contexto geográfico, que podem incluir outros dados de projeto e informações geoespaciais.

Em um projeto completo, um modelo BIM pode ser visto integrado com todos os outros dados do local, incluindo dados geoespaciais, inspeções de construção, questões de segurança, inspeções ambientais, dados de captura de realidade, entre outros.

Potencializando ainda mais o uso de GIS & BIM, publicar conteúdo BIM no Web GIS (ArcGIS Online ou ArcGIS Enterprise) ajuda a colocar os dados ao alcance de todas as equipes de projeto.

A criação de WebApps prontos para o usuário final com o Experience Builder ou Web AppBuilder pode alavancar ainda mais a entrega de um projeto. Ou seja, os avanços do BIM e do CAD no ArcGIS permitem que esse conteúdo altamente técnico seja aproveitado por todos os tpos de usuários para maior percepção e colaboração das partes interessadas.

Exemplo da visão de um projeto final construído no ArcGIS Experience Builder

Suporte ao Autodesk Civil 3D e Revit no ArcGIS Pro

Dados construídos no Civil 3D variam em tamanho e nível de detalhe, e representam informações, por exemplo, até mesmo de ambientes internos de um prédio.

Em um mapa, informações como essa enriquecem ainda mais as análises. Agora, esses arquivos podem ser visualizados no ArcGIS Pro como Feature Datasets ou Feature Classes em 2D ou 3D, sem necessidade de conversão.

O ArcGIS Pro usa as propriedades gráficas do Civil 3D para gerar uma tabela de atributos de acordo com os objetos. O suporte direto para Civil 3D se expande com suporte a objetos como tubulações, parcelas, pontos estruturais, entre outros:

Objetos Autodesk Civil 3D suportados e seu tipo geométrico do ArcGIS Pro

ArcGIS GeoBIM – O próximo passo da integração GIS & BIM Pro

Por fim, uma grande novidade que muitos estavam ansiosos para conhecer é o novo produto da Esri chamado ArcGIS GeoBIM, que foi lançado em outubro de 2021 e já está disponível como uma User Type Extension do ArcGIS Online.

O ArcGIS GeoBIM permite transformar projetos com contexto geoespacial. É uma solução da Esri + Autodesk para aproveitar ainda mais a colaboração entre GIS & BIM.

Com o ArcGIS GeoBIM, profissionais de AEC, e outros, são capazes de criar infraestruturas resilientes e sustentáveis, com uma visão integrada de projetos BIM e dados geoespaciais em um ambiente Cloud.

A solução conecta perfeitamente a tecnologia GIS da Esri com a nuvem da Autodesk, ou seja, conecta informações de localização, dados de modelagem, workflows, fornecendo uma visão holística em todo o ciclo de vida de um projeto.

ArcGIS GeoBIM e as conexões entre nuvens da Esri e Autodesk

Depois de aproveitar o ArcGIS Pro para estabelecer seu conteúdo BIM e publicar os modelos, você pode criar novos aplicativos da web com o ArcGIS GeoBIM, que podem incluir links diretos para o conteúdo hospedado na Autodesk Construction Cloud ou BIM 360.

A conexão de nuvem BIM no ArcGIS Pro permite que os usuários se conectem diretamente ao Autodesk BIM 360 ou Autodesk Construction Cloud. Essa conexão de conteúdo BIM e CAD ajuda a gerenciar modelos, versões e esforços de colaboração entre as equipes de design e GIS.

Exemplo de GeoBIM App integrando ArcGIS e Autodesk

O resultado é uma solução fácil de usar, de nuvem para nuvem, para ajudar as equipes de projeto a tomar decisões coordenadas e informadas.

Aprofunde seus conhecimentos sobre a integração GIS & BIM clicando na imagem abaixo!

Fique por dentro de todas as novidades do Portal GEO. Faça grátis sua inscrição!

Você também pode gostar:

Aplicação de Técnicas de Deep Learn e Pytorch para Censo em Plantio Florestal 90 dias

EBook: Os 25 anos de Geoprocessamento da SEDU / PARANACIDADE

INDI Maps – Plataforma de Site Selection para Atração de Investimentos em Minas Gerais

Planejamento urbano com qualidade para os municípios paranaenses


Você gostou desse artigo?

O Portal GEO está sempre trabalhando para trazer novidades, tendências e o que há de melhor em dicas do universo GIS. Clique abaixo e faça sua inscrição gratuita para receber com comodidade todos os nossos artigos, que tenho certeza, vão te apoiar em seu cotidiano profissional e pessoal, te deixando sempre bem informado: